Milhões de estudantes já entraram em greve e mostraram que levam muito a sério a ação climática.

Adultos, vocês se unirão aos jovens?

Os estudantes em greve estão convocando a todos: jovens, pais, trabalhadores e qualquer cidadão interessado em participar de uma grande greve climática e de uma semana de mobilizações que começa dia 20 de setembro.

Milhares de pessoas em todo o mundo usarão seu poder para agir de maneira diferente diante da emergência climática. Vamos sair às ruas, lado a lado com os estudantes, para exigir o fim da era dos combustíveis fósseis e uma ação urgente para evitar o colapso climático.

Estou dentro!

Participe da greve pelo clima em setembro

Vou sair às ruas, lado a lado com os estudantes em greves globais pelo clima, durante uma semana de mobilizações, para exigir o fim da era dos combustíveis fósseis e uma ação urgente para evitar o colapso climático.

 

Olá !

Guardamos as suas informações de contato da última vez que você esteve por aqui. Por favor, clique no botão abaixo para continuar.

Não é ? Log out

Caso você aceite receber nossos e-mails, podemos mantê-lo informado sobre esses acontecimentos

Esta ação é organizada pela 350.org para a Greve pelo Clima. Ao se registrar, você concorda com nossos termos de serviço e política de privacidade. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento. 

MAIS INFORMAÇÕES

Quando será a Greve Global pelo Clima?

No dia 20 de setembro, uma sexta-feira, a pedido dos jovens que têm realizado greves estudantis impressionantes em todo o mundo, pessoas de diversos países deixarão de ir ao trabalho e passarão o dia exigindo ações urgentes para enfrentar a crise climática. Será um dia de greve pelo clima – e não será o último. Dia 20 de setembro será o começo de uma semana de ações climáticas em todo o mundo. Esperamos que seja um divisor de águas na história do planeta.

Mas isso não se resume a um único dia: Dia 20 de setembro será o início de uma semana de ações climáticas em todo o mundo – com mobilizações organizadas ao longo da semana, até o dia 27. Esperamos que seja um divisor de águas na história do planeta.

O que é a Greve Global pelo Clima?

Toda sexta-feira os estudantes em greve pelo clima têm deixado as escolas e saído às ruas para se manifestar. Agora eles esperam que os adultos se juntem a eles: profissionais deixando de ir a seus escritórios, fazendas e fábricas; políticos interrompendo suas campanhas; jogadores de futebol abandonando partidas; atrizes e atores tirando a maquiagem; professores interrompendo suas aulas; cozinheiros fechando restaurantes e levando comida aos protestos; e aposentados saindo da rotina diária. Todos unidos para mandar uma mensagem que nossos líderes precisam escutar: A cada dia, nosso modo de viver está destruindo a chance de termos um planeta mais saudável e um futuro seguro.

Esperamos que as pessoas protestem contra: novos oleodutos e gasodutos; bancos que financiam a indústria dos combustíveis fósseis; e empresas petrolíferas e políticos que espalham mentiras. Alimentamos a esperança de que outras pessoas dediquem tempo a atividades como a instalação de isolamento térmico nas paredes de um vizinho ou construindo ciclovias. Também esperamos que todos passem pelo menos alguns minutos em um parque, uma zona rural ou no telhado de suas residências, absorvendo a beleza desse mundo, que temos o privilégio de proteger.

Por que entrar em greve pelo clima?

Essa é uma pergunta complexa: estamos todos imersos em nossas rotinas, por isso, um dia dedicado ao clima é um grande passo. Não achamos certo deixar todo o peso nas costas dos estudantes – eles precisam do nosso apoio. Uma ruptura em nossa rotina é fundamental para chacoalhar o status quo – afinal, é o nosso modo habitual de viver que agrava diariamente a crise climática.

Somos as pessoas a quem coube um momento histórico – nossas escolhas determinarão os próximos milhares de anos: o quanto o nível do mar vai se elevar, o quanto os desertos vão se espalhar, quão rápido as florestas vão queimar. Parte do nosso trabalho diz respeito a proteger o futuro.

Dia 20 de setembro será o início de uma semana de mobilizações e atividades globais até 27 de setembro – e além. Todo mundo tem um papel – certamente há algo que você possa fazer.

Como a Greve Global pelo Clima pode fazer a diferença?

Por si só, de um dia para o outro, a greve não resolve a crise climática. Mas ela pode mostrar que as pessoas desejam viver de um jeito diferente, ou seja, que não querem continuar agindo da mesma forma em relação ao clima. O protesto solitário da jovem Greta Thunberg chamou a atenção do mundo no ano passado e fez soar o alarme do clima para milhões de crianças. Agora é nossa vez de ficar ao lado dos estudantes e mostrar aos líderes mundiais o nosso poder. Dia 20 de setembro será o início de uma grande semana de ações em todo o mundo.

A boa notícia é que temos as soluções de que precisamos – o preço dos painéis solares caiu 90% na última década. E sabemos quais são as políticas necessárias para colocar essas soluções em prática: em diversos países foram propostas versões de um Green New Deal – leis para uma transição justa e imediata dos combustíveis fósseis rumo à energia do sol, da água e do vento, oferecendo, ao mesmo tempo, bons empregos e estabilidade para as economias locais.

Quem vai entrar em greve?

Contamos com a participação de todos os grupos ligados ao meio ambiente, à saúde pública, à justiça social e ao desenvolvimento de suas comunidades. Mas nossa grande esperança é mostrar apenas uma coisa: as pessoas que enfrentam a crise contam com o apoio de milhões de seres humanos que temem a emergência climática, mas que, até agora, em sua maioria, estavam à margem do processo. Levar todas essas pessoas para as ruas vai demandar um grande esforço da nossa parte – e não temos muito tempo: nossa janela de oportunidade para uma ação climática efetiva está se fechando rapidamente.

E se eu não puder entrar em greve?

Sabemos que nem todos poderão se juntar a nós. Em um mundo tão desigual, algumas pessoas não podem abrir mão do que recebem por um dia de trabalho, e alguns trabalham para chefes que os demitiriam se ousassem tentar uma greve.

Além disso, alguns trabalhos simplesmente não podem parar: médicos que trabalham em prontos-socorros, por exemplo, precisam seguir cumprindo suas tarefas. Mas muitos de nós têm condições de deixar o trabalho de lado por 24 horas, sabendo que ele estará ali quando retornarmos no dia seguinte.

A greve convocada pelos jovens para o dia 20 de setembro dará início a uma semana de ações climáticas com muitos planos em andamento, em diferentes partes do mundo, permitindo que os adultos se unam aos manifestantes, participem da mobilização e atuem em defesa do nosso clima.

Quem vai apoiar a greve pelo clima?

A greve climática foi iniciada por estudantes, que se organizaram por meio da plataforma #FridaysForFuture. Essa mobilização é uma resposta conjunta de várias ONGs e grupos de proteção ambiental, bem como de sindicatos e movimentos sociais do mundo todo, para convocar os jovens a se mobilizarem. Juntos, decidimos ecoar, amplificar e responder a essa convocação de jovens, pais, avós, trabalhadores e todos os cidadãos interessados.

Em breve, disponibilizaremos uma lista de todas as organizações envolvidas nessa mobilização. Estes são os princípios nos quais esse esforço coletivo se baseia.